Resumo do conto “O espelho” de Machado de Assis

Cinco homens estão reunidos em uma sala, sob luz de velas. Quatro discutem metafísica enquanto um apenas ouve. Foi quando o ouvinte, chamado Jacobina – reconhecido principalmente por seu temperamento irritante, sua atenção, não gostava de debater, era inteligente e satírico, capitalista e provinciano, enfim, um típico burguês intelectual -, passou a palestrante, narrando um fato que ocorrera em sua juventude, aos vinte e cinco anos de idade. Quando Jacobina foi nomeado alferes da Guarda Nacional, todos os membros de sua família e alguns amigos passaram tratá-lo com mimos e cortesias, chamando-o apenas de alferes. Esta condição, explicava, levou-o a aceitar apenas uma das duas almas que formava o Homem. Sua personalidade atual deixava de existir permanecendo somente o título. Convidado a passar algumas semanas no sítio de sua tia Marcelina, ganha provisoriamente um espelho, onde é posto em seu quarto. Certa vez, Marcolina é levada a deixar o sítio sob a guarda de seu sobrinho. Jacobina então passa semanas sozinho e, para acabar com a solidão resolve se olhar no velho espelho. No começo, vê a imagem desfocada, mas, ao colocar a farda, a imagem passa a se tornar nítida. O autor finaliza a narrativa dizendo que o melhor remédio que encontrara para acabar com a solidão era, a certa hora do dia, por no mínimo duas horas, se olhar no espelho vestido com a farda de sua patente.

About these ads

45 comentários sobre “Resumo do conto “O espelho” de Machado de Assis

      • Machado de Assis foi um gênio da literatura. Se muitas pessoas aqui tivessem capacidade para ler ao menos um conto desse autor, tenho absoluta certeza que esse país não seria tão cheio de analfabetos.
        Aprendi a língua portuguesa a dois anos e já tomei o lugar de muito brasileiro nesses concursos públicos. Abre o olho, Brasil! Vocês possuem uma cultura maravilhosa.

      • que homem era machado de assis literario,poeta,cronicalista,romantista,dramaturgo,jornalista,contista,folhetinista,critico e literario.que homem

  1. eu adorei;mas eu nao gostei de ter que copiar ele para o meu trabalho d portugues

    Thamirys e Daniela

  2. os contos de machado de assis são bem antioooos em!!
    mas são bem legais veei
    putz fala sério
    e um pouco tedioso mais e bem legal
    e eu racheeii de rir das roupas deles
    haha kkkkkkk

  3. me ajudou super! parabéns pra você que usa esse meio de internet para salvar as nossas vidas =^.^= /acho essa carinha muito nhênhênhê mais ta bom.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s